SouJava

Sociedade de Usuários da Tecnologia Java

Category Archives: Eventos

SouJava no Global JUG Leaders Summit @Devnexus

Fala, pessoal!

Que o Devnexus é um dos melhores e maiores eventos que existem, muitos já sabem. Se não é o seu caso, dê uma conferida! Vale a pena.

E esse ano eles deram um passo que elevou o evento às alturas: decidiram realizar o que chamaram de “Global JUG Leaders Summit”.

Basicamente eles convidaram JUG leaders de todo o mundo para um encontro ao estilo “unconference”. Até onde se pôde verificar no início da reunião, a última vez que um encontro desse tipo foi realizado foi na época da Sun… Faz um tempinho!

Cerca de 80 participantes estavam presentes, e desde já posso adiantar: foi um aprendizado e tanto!

Imagine só: diferentes culturas, diferentes origens, diferentes localidades… mesmo para JUGs dentro de um mesmo país, as experiências são, frequentemente, muito diferentes. Essa troca de vivência tornou o evento muito rico.

Como a reunião seguiu mais ou menos o estilo de unconference, foram sugeridos vários tópicos para discussão e os mais votados foram trabalhados ao longo do dia.

Não vou entrar em cada um deles aqui porque ficaria muito longo, então vou destacar um em particular que interessa muito ao SouJava: Attendance Sustainability. Basicamente, trocamos experiências sobre práticas que ajudam (ou atrapalham) a manter um bom nível de participação nos encontros realizados pelo grupo.

Essa é a imagem do resultado final da discussão:

IMG_2315

Resumindos os pontos:

  • Engajar empresas: falou-se sobre o envolvimento das empresas no JUG, indo além da cessão de espaço e patrocínio de comida/brindes, mas sim ir até os times das empresas, chamar palestrantes deles, etc;
  • Fácil transporte ao local: todos os grupos relataram aumento de participação nos encontros onde o local seja de fácil acesso (tanto para transporte público quanto para privado)
  • Eventos mais longos: vários JUG reportaram que as reuniões um pouco mais longas (2 a 3 horas) geram resultados melhores do que as curtas (menos de 1h30). Eles reportam que as reunião maiores geralmente tem ao menos 2 palestras, e ainda algum momento para networking (=comida!), o que acabam entregando mais valor aos participantes;
  • Patrocínio: há algumas experiências diferentes com patrocínio em diversos JUGs
    • Há JUGs que conseguem patrocínio apenas para comidas/bebidas para as reuniões
    • Há JUGs que vendem cotas de patrocínio para empresas, válidas por um ano
    • Há JUGs que cobram anuidade dos seus membros
    • Há JUGs que não cobram absolutamente nada de ninguém

E foi interessante perceber que há JUGs muito bem sucedidos em todos os cenários! Então é realmente uma questão de analisar caso a caso.

  • Palestrantes de alto nível: em geral (e parece óbvio!), as reuniões com palestrantes de alto nível atraem mais pessoas. Mas todos concordaram também que os JUGs são lugares ideiais para formação de novos palestrantes.
  • Consistência: falou-se muito consistência. Todos os grupos que mantém consistência de realização de seus encontros perceberam significativo aumento na participação de pessoas em seus encontros. Um ponto interessante é que vários grupos bem sucedidos relataram que mantém consistência em níveis como “dia do mês” (ex: segunda terça-feira de todos os meses) e local de realização (ex: sempre no auditório X). Esse último foi especialmente interessante, já que alguns JUGs relataram que quando eles mudam os locais dos encontros, o engajamento cai.
  • Registro para o evento: todos os JUGs usam alguma forma de registro prévio para o evento;
  • Estacionamento: lugares que possuem facilidade para estacionamento, ou mesmo estacionamento gratuito, tendem a ter maior presença de participantes;
  • Time/liderança forte: os maiores JUGS relatam que seus resultados melhoraram consideravelmente quando eles formaram um time de liderança forte e comprometida;
  • Diversidade: esse tópico foi citado nessa discussão, mas ele já havia sido longamente discutido em outro momento como esse;
  • Traga seu amigo: alguns JUGS incentivam que na próxima reunião você volte e traga um amigo, e com isso conseguem ir tornando o grupo mais conhecido (pouco a pouco);
  • Network com palestrantes: foi conversado que normalmente é muito fácil se conectar com um palestrante em uma reunião de JUG do que em uma conferência. Então, trazer palestrantes de outras conferências para falar no JUG local é uma prática muito interessante;
  • Palestras técnicas: não há duvidas; pitch de vendas não vai bem em encontros técnicos. Focar no técnico, na solução de problemas do dia a dia, é uma ótima prática;
  • Engajamento com Java Champions: muitos JUGs tem um ou vários Java Champions em seu board. Outros não tem nenhum. Mas todos concordaram que algum tipo de engajamento com um ou mais Java Champions cria um interesse ainda maior do JUG, já que o Java Champion traz consigo a credibilidade do título.

E assim eu deixo aqui algumas coisas para você pensar: lendo essa lista acima, o que você pode mudar em seu próprio JUG para aumentar a presença de participantes nele? Quais itens fazem sentido para a realidade do seu grupo? Em quanto tempo você imagina que determinada prática pode trazer resultados reais para o seu grupo?

Se quiser deixar nos comentários abaixo, será muito bem-vindo!

TDC Floripa 2018: Call 4 Papers encerra hoje!

banner-tdc2018-florianopolis-468x60

Está chegando mais uma edição do TDC Floripa! O Call for Papers estará aberto até segunda-feira, dia 19/02… mais conhecido como HOJE!

Se você estava esperando a última hora, ela chegou… 🙂

O SouJava mais uma vez estará presente na coordenação de algumas trilhas: NoSQL, Microservices e Java EE.

Ah… e se quiser ajudar a divulgar essas trilhas, é só dar um RT nos tweets abaixo:

Java EE

Microservices

NoSQL

Nos vemos lá!

Começando o ano com Open source, Junit5 e Spring Boot

 

Nesse primeiro encontro técnico do ano, o SouJava realizará, em parceira com a Oracle, o pontapé inicial de 2018. Nesse meetup teremos assuntos interessantes como as novidades do Junit 5, Spring boot, open source, além de pizza e muito networking.

  1. 19:30 – Abertura
  2. 19:40 – JUnit 5: Maior e melhor – Tiago de Freitas Lima
  3. 20:20 – Spring Boot: Mais produtividade com Java – Mateus Malaquias
  4. 21:00 – Mudando o futuro do mundo com o open source – Otávio Santana
  5. 21:30 – Pizza!

 

Quiz para quem Manja de Java! [novo Canal do SouJava]

Manja de Java? Então diz aí: o que as tecnologias Docker, JavaEE, Spring e CDI tem em comum?

 

(   ) São todas tecnologias importantes pra sua carreira como desenvolvedor Java

(   ) São tecnologias utilizadas por grandes empresas

(   ) Todas tem implementações open source

(   ) Teremos palestras de todas elas no Canal do SouJava

(   ) Todas as opções anteriores

 

Você não pode perder! No novo Canal do SouJava no YouTube, as melhores tecnologias, os melhores palestrantes, pra você se atualizar e se tornar um desenvolvedor de primeira linha!

Siga a nosso canal:  http://jav.mn/canalsoujava

 

Terça-feira:

 

  • Título: CasperJS: Um novo amigo pra automatizar teste funcionais, ajudando a melhorar nossas entregas
  • Descrição: Sabemos que cada entrega é um ponto crucial na vida de um projeto, podendo fazer dele um sucesso ou um fracasso, isso também reflete em nossa carreira como devs, a cada dia temos que entregar mais e melhor, ou seja não basta apenas entregar temos que ter qualidade e o teste funcional nos ajuda a ter a garantia automática do resultado que o cliente efetivamente visualizará. Utilizando conceitos de MVPs e métodos ágeis isso fica ainda mais evidente pois a necessidade de entregas curtas e rápidas é ainda maior. Na TecSinapse o CasperJS tem nos ajudado a garantir uma boa qualidade validando exatamente da mesma forma que nossos clientes utilizarão.
  • Palestrante: Rodrigo Figueira De Freitas Full stack developer na Tecsinapse, atua com Java, JavaScript e web em geral há 3 anos. É graduando em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pelo IFSul – Bagé
  • Horário: 13:00

 

 

  • Título: Spring cloud + Netflix OSS
  • Descrição: Vamos falar dos tão comentados microsserviços e como podemos utilizá-los sem dor de cabeça e tendo total controle e gerenciamento de toda a nossa infraestrutura, os assuntos abordados serão:
  • – Discovery services;
  • – API gateway,
  • – Cirtcuiy Breaker
  • – Integração de microserviços (Feign)
  • Palestrante: Felipe Adorno – Principal Software Enginee na Monkey Exchange
  • Horário: 19:30
  • Link: https://www.youtube.com/watch?v=LI0-YzLumZA

 

Quarta-feira:

 

  • Título: Alta Disponibilidade com Docker e JavaEE
  • Descrição: Aplicações com baixo acoplamento, serviços simples e especializados, alta disponibilidade. Não é à toa que micro serviços ganhou o mundo do desenvolvimento de software. Mas já pensou como é manter dezenas (centenas?) de micro serviços? Inúmeras instalações de servidores, múltiplas linguagens, instalações de vários serviços… Ao se distribuir a aplicação e multiplicar os servidores, multiplicam-se também os problemas de ambiente. Pesadelo! E piora quando tem que escalar a sua solução. Por isso os containers! Docker torna tudo isso mais fácil. E não só para micro serviços, funciona também na sua aplicação. Vamos mostrar como Docker e JavaEE combinam super bem para montar ambientes de alta disponibilidade e baixa complexidade. Pra você!
  • Palestrante: Elder Moraes auxilia desenvolvedores a criarem a aplicações mais seguras, disponíveis e de alta performance, entregando-as de forma mais rápida e com melhor qualidade, de forma que possam trabalhar nos melhores projetos do mercado. Apaixonado por arquitetura e Java EE, Elder compartilha sua experiência em projetos online e em eventos internacionais.
  • Link: https://www.youtube.com/watch?v=75HCjmqKHek
  • Horário: 13:00

 

 

  • Título: Dicas para as provas de certificação Java Programmer
  • Descrição: Nessa palestra serão esclarecidas as principais dúvidas de quem está interessado em obter a certificação mas ainda precisa trocar idéias com quem já a obteve de como se preparar. Os tópicos das provas abrangem um conjunto importante de conhecimentos que todo desenvolvedor que utiliza a linguagem Java deve reconhecer, entender e saber aplicar em seu código.
  • Palestrante: Maria Anne é Senior Software Engineer – IBM Watson IoT – Work with requirement/business analysis and Java/Java EE system development since 2002. – Have worked with Automotive, Insurance and Financial industries. – Post Graduate Degree in Software Engineer. – Oracle Certified Java SE 7 Programmer (803 and 804)

 

 

  • Horário: 19:30

 

 

Quinta-feira:

 

  • Título: Live Coding com CDI

 

  • Descrição: CDI é a especificação do Java EE que cuida da Injeção de Dependências e diversas outras coisas divertidas como integração, interceptors, ciclo de vida de objetos. Nesta palestra serão mostrados diversos recursos do CDI com muito código, passando por events, observers, producers, ciclo de vida, interceptors, decorators, stereotypes, integração com JSF e EJB e os motivos para a criação da spec.
  • Palestrante: Alexandre Gama é Engenheiro de Software na startup Elo7 trabalhando com Java, Ruby, Android e iOS. Já se aventurou na sua própria startup e na maior parte do tempo está desenvolvendo software. No seu tempo livre tenta manter o blog alexandregama.org.

 

 

  • Horário: 13:00

 

  • Título: Refactoring to Patterns em Java 8
  • Descrição: Nesta palestra vamos mostrar como refatorar seu código Java fazendo uso da programação funcional, design patterns e as novas APIs do Java 8. Será discutido como separar responsabilidades com expressões lambda; como lidar com mudanças de requisitos através do uso de funções de primeira classe. Veja formas de tornar diversos design patterns mais concisos através de expressões lambda.
  • Palestrante: Eder Ignatowicz (@ederign) é Senior Software Engineer da JBoss pela Red Hat, membro do time do Drools e jBPM, possui ampla experiência no desenvolvimento de sistemas financeiros e leciona em diversos cursos de graduação e pós-graduação. É Doutorando e Mestre em Engenharia Elétrica pela Unicamp e Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Londrina.
  • Horário: 19:30
  • Link: https://www.youtube.com/watch?v=wm3AcIVUnfc

Grade do TDC Floripa fechada

 

 

Em alguns meses, as novas atualizações de Java e Java EE estarão disponíveis, trazendo uma nova onda de projetos e oportunidades para os desenvolvedores.

Por isso você precisa estar atualizado!

Não perca a chance de impulsionar a sua carreira: nos dias 3 a 6 de maio acontece em Florianópolis o The Developer’s Conference (TDC). Em um evento fantástico você terá informação exclusiva e acesso a alguns dos maiores palestrantes do país.

O SouJava, em parceria com o GUJavaSC e RedFootJUG, é responsável pelas trilhas de Java, JavaEE e Cloud Computing. Para ajudar a sua carreira, trouxemos palestrantes de primeira linha que vão apresentar frameworks, projetos e novas tecnologias.

Inscreva-se já e avançe a sua carreira! http://www.thedevelopersconference.com.br/tdc/2017/inscricoes

A trilha Java EE no dia 4 de maio trará uma atualização sobre a plataforma e novidades como NoSQL, além de projetos como Swarm, Spring, Apache Camel e Jhipster.

E na trilha Java vamos discutir Vert.x, Kotlin e NoSQL, com um forte foco em Java 9. E pensando no nosso trabalho do dia a dia, teremos dicas sobre carreira e técnicas de clean code.

Vai ficar de fora? Inscreva-se já

E mesmo se você não estiver em Florianópolis, o TDCOnline trará muitos desses conteúdos pra você, onde você estiver!

Maiores informações:

Encontro técnico do SouJava de Abril Carreira

O encontro técnico do SouJava de abril dará grandes dicas para o desenvolvedor Java turbinar sua carreira .o evento contará com a presença do JavaMan (Bruno Souza).

 

Título: 5 Erros que devs Java profissionais cometem que os impedem de crescer na Carreira
Descrição: Queremos mudar o mundo, e melhorar a vida das pessoas. A melhor forma de crescer como desenvolvedor é trabalhar em projetos inovadores, com outros desenvolvedores profissionais. Mas… Sem perceber, desenvolvedores Java, tanto iniciantes como profissionais, cometem erros que criam impedimentos para que possam crescer na carreira. Nesta apresentação, vamos tratar dos 5 maiores problemas e como desenvolvedores podem começar a resolvê-los de forma prática e imediata.
Palestrante: Bruno Souza
Mini-bio: Bruno Souza acredita que os desenvolvedores de software tem um grande impacto no mundo e podem efetivamente melhorar o planeta. É por isso que ele é apaixonado por desenvolver comunidades. Bruno tem dedicado a sua vida a auxiliar desenvolvedores ao redor do mundo a alcançarem o seu verdadeiro potencial. Também conhecido como “Javaman”, ele é desenvolvedor Java na Summa Technologies e especialista em cloud na ToolsCloud, onde participa de alguns dos maiores projetos em Java no Brasil. Também é presidente do SouJava e esteve duas vezes na Diretoria do Open Source Initiative.

Estão abertas as inscrições as chamadas de trabalho para o evento de Microsserviços do Soujava

 

Estão abertas as chamadas de trabalhos para o evento de MicroServices do Soujava.

O evento acontecerá entre os dias 22 e 23 de junho na cidade de São Paulo.

O termo MicroService, se tornou muito popular, assim, diversas ferramentas e diversos artigos relacionados ao assunto vem surgindo. Eventualmente pode-se desenvolver microsserviços com Java EE, porém os profiles atuais não são a melhor alternativa e a comunidade vem trabalhando em outro profile para microsserviços chamado de microProfile. O prazo de submissão será até dia 31 de março.

Neste evento será apresentado o microProfile pelas empresas e comunidade que participam de seu desenvolvimento e evolução, bem como assuntos relacionados a microservices e seu ecossistema, como por exemplo circuit breaker, health check

 

Em breve, maiores informações.

Inscreva sua palestra: https://goo.gl/forms/zG7QiFbYv6WcRoxA2

Hoje – MicroProfile – Encontro técnico do SouJava 2017

Bom dia, pessoal!

Hoje vai rolar o primeiro encontro técnico do SouJava em 2017!

Melhor ainda: será o primeiro encontro de uma série super bacana sobre MicroProfile.
Se você que quer saber um pouco mais sobre o assunto não pode perder!

MicroProfile: Accelerating the adoption of Java Microservices

Palestrante: John Clingan

Mini-bio: John trabalha como desenvolvedor a mais de 20 anos. John foi product manager na antiga Sun Microsystems e trabalhou no Java EE e GlassFish. John trabalhou para a Oracle de 2007 a 2015.
Recentemente ele mudou de trabalho e agora esta como “product manager” para a proxima geracao de plataformas web, por exemplo WIldFly Swarm, Vert.x, e estrategias para microservicos em geral.

John é também co-project e lider do MIcroProfile, projeto que rescentemente se juntou a Eclipse Foundation (mais informacoes sobre, veja link de referencia https://projects.eclipse.org/proposals/eclipse-microprofile)

Inscrição: https://goo.gl/forms/r80AY0oNqk058teA2

O evento vai ser Online, e o link no Youtube segue abaixo:

Local: https://www.youtube.com/watch?v=Wpu-kYsLAIk

Primeiro encontro técnico 2017[Especial MicroProfile]

microprofile-black

Para começar o ano, o Soujava seguirá falando da iniciativa MicroProfile. Esta é uma iniciativa conjunta de  diversas empresas e comunidade com o objetivo de criar um profile Java para a arquitetura de microsserviços. Evento acontecerá em quatro dias diferentes, um dia para cada provedor do MicroProfile, e será a partir das 19:30 e você pode assistir diretamente de sua casa.

  • 31 de Janeiro – RedHat
  • 2  de fevereiro – IBM
  • 7 de fevereiro – Payara
  • 9 de fevereiro – Tomitribe

 

RedHat

 

Title:  MicroProfile: Accelerating the adoption of Java Microservices

Description:  MicroProfile: Accelerating the adoption of Java Microservices

Speaker: John Clingan

Mini-bio: John has been a Java developer for 20 years. John was the Java EE and GlassFish product manager at Sun Microsystems and Oracle from 2007-2015. More recently he has moved to Red Hat where he is a product manager for next-generation platforms like WIldFly Swarm, Vert.x, and the microservices strategy in general. John is also the co-project lead of MIcroProfile as it enters the Eclipse Foundation.
Inscrição: https://goo.gl/forms/r80AY0oNqk058teA2

 

IBM

 

 

Payara

 

Title: Payara MicroProfile – Micro(er) than Payara Micro!

Description: Payara Server is derived from the GlassFish Open Source Edition. Not only has the Payara team worked hard at providing support for the server and its customers and community, but is also working hard at generating new features and closing the gap between the needs of the developers and what a Java EE server can offer them. Payara Micro is one of such features, focused on allowing developers to create microservice architectures with relative ease of use. With the launch of MicroProfile, Payara Server has reused what it has learned with Payara Micro. Join us to find out how the Payara MicroProfile implementation allows developers to not only implement micro services easily, but also take advantage of many useful features that are inherited from Payara Micro, such as automatic clustering with Hazelcast, CDI event bus, distributed caching with JCache and more!

Speaker: Fabio Turizo

Mini-bio: Fabio is a Support and Services Engineer at Payara Services Ltd. He has over 8+ years of expertise in software development and extensive experience working with several Java solutions and frameworks. Fabio has showed extreme dedication to understanding and learning how to use Java SE and Java EE for several years, he is certified as an Oracle Professional and Expert in several technologies (Java SE, Web Components, EJB, JPA etc.). Fabio is also an Oracle Certified Master at Java EE Architecture and he is paving the road to become an experienced software architect. He’s recently started working with the community and is very eager for people to adopt Java EE as their platform of choice.  LinkedIn: https://co.linkedin.com/in/fturizo

 

Tomitribe

 

Title: MicroProfile, Apache TomEE Now & Beyond

Description: MicroProfile is not just a new buzzword. It’s the serious collaboration to evolve Delivered by an Apache PMC and developer, this talk will focus on what the MicroProfile means to the OSS project Apache TomEE, both today and tomorrow. TomEE has been a sustainable choice for thousands of EE projects across the globe. Recent announcements by Oracle have laid to rest some of the negative rumours that have been surrounding Java EE 8. We know that there is a long and bright future ahead for Enterprise Java, so what will the MicroProfile bring to the party? More importantly, what cake would “you” like to bring?

Speaker: Andy Gumbrecht

Mini-bio: Andy Gumbrecht is an avid Apache TomEE PMC member, developer and evangelist at Tomitribe. He is an active contributor of Apache projects including OpenEJB/TomEE, etc. Andy is a speaker at local Java Users Groups and conferences throughout Europe. He has been using in production environments and contributing to Apache OpenEJB/TomEE since 2009. You can find some of Andy’s technical postings at http://www.tomitribe.com/blog.

 

 

Encontro técnico de Novembro

No encontro de novembro, o SouJava terá a participação do Rodrigo Cândido ele é especialista Java e JUG Leader do GUJavaSC. Com mais de 16 anos de experiência na área de desenvolvimento de software e falará sobre micro-serviços com Spring Cloud.

O evento acontecerá no dia 17 de Novembro, quinta-feira, a partir das 19:30.

Título: Construindo micro-serviços auto-curáveis com Spring Cloud

Descrição: Micro-serviços tornaram-se o tema mais quente na arquitetura de software durante o ano passado, e muito pode ser dito sobre os seus benefícios. No entanto, é importante compreender que ao começar a decompor o monolito, entramos no reino de sistemas distribuídos lidando com cenários de transparência de localização, recuperação à falhas, escalabilidade, autonomia, fácil atualização, etc. E quando endereçamos toda essa complexidade, conseguimos definir aplicações que rodam “eternamente”, tornando-se auto-curáveis (self-healing) e escaláveis. O projeto Spring Cloud promove ferramentas para facilmente implementar estes conceitos, definindo padrões de implementação para sistemas distribuídos com suporte para gerenciamento de configuração, descoberta de serviços, circuit breakers, roteamento, distribuição de sessão, barramento de controle, dentre outros. Ele ainda pode ser combinado com plataforma Netflix OSS que oferece ótimos componentes para combinação em um ambiente de micro-serviços, como por exemplo: Eureka (serviço de registro), Ribbon (localização), Hystrix (tolerância a falhas), Zulu (roteamento). Nesta palestra serão demonstrados os conceitos destas ferramentas, bem como os desafios e lições aprendidas baseados em casos reais na utilização de uma arquitetura de micro-serviços implementada com o projeto Spring Cloud e com o suporte da plataforma do Netflix OSS.

Mini-bio: Especialista Java e JUG Leader do GUJavaSC, grupo de usuários Java de Santa Catarina. Com mais de 16 anos de experiência na área de desenvolvimento de software, vem trabalhando atualmente nas áreas de consultoria, desenvolvimento, treinamento e design de arquiteturas de software. Contribuidor ativo de projetos open source e participate frequente de conferências de software pelo Brasil.